Uma média de cem pessoas participaram de Simulado do Enem promovido pelo Colégio Objetivo Albert Sabin
 

Seguindo rigorosamente o formato do exame real, o Colégio Objetivo Albert Sabin recebeu aproximadamente cem alunos para o simulado, que ocorreu em duas datas, durante o mês de maio. No primeiro domingo (19/05), foram aplicadas as provas contendo 45 questões de Ciências Humanas e suas tecnologias, 45 questões de Linguagens, códigos e suas tecnologias e uma Redação. Já no domingo seguinte (26/05), os alunos receberam provas de 45 questões de Matemática e suas tecnologias, 45 questões de Ciências da Natureza e suas tecnologias.

O exame foi aberto ao público e os participantes realizaram as inscrições no site do Objetivo nacional. O cronograma foi seguido á risca. Assim como ocorre no Enem, os portões foram fechados às 13 horas, porém os candidatos iniciaram as provas somente às 13h30. O tempo mínimo de prova foi de 2 (duas) horas e  tempo máximo, foi de 5h30min no primeiro domingo e 5h no segundo domingo.

Ainda durante a realização do exame, os candidatos foram orientados pelos fiscais de prova sobre o preenchimento correto da folha de respostas.

A correção do simulado será centralizada, para que se obtenha uma classificação geral dos participantes. Dessa forma, a escola terá uma avaliação real do desempenho de seus alunos em um amplo universo de estudantes de todo o país.

A nota da Redação não será computada na classificação geral, portanto os textos produzidos pelos candidatos serão corrigidos pelos professores da  Escola Objetivo Albert Sabin. Ainda, de acordo com a regras estabelecidas pela coordenação geral, as redações não serão devolvidas e o  candidato acessará a nota pelo site, mas não receberá o texto de volta.

Nos próximos dias a instituição estará divulgando a data oficial dos resultados e meios para que os candidatos possam acessar seu desempenho.

O Enem (Exame Nacional do Ensino médio) é realizado todos os anos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Em 21 edições, o exame recebeu quase 100 milhões de inscrições.

O exame avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e instituições portuguesas

De acordo com informações divulgadas no site G1, o exame registrou mais de 6,38 milhões de inscritos para a edição de 2019. As provas oficiais serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

 

 

 

Data: 29 de Maio de 2019
Fonte: Fernanda Caso
Fale Conosco
© 2019 - DESENVOLVIDO POR: